Governo Regional vai atribuir mais de 67 mil euros a associações juvenis


O Conselho do Governo decidiu hoje conceder uma verba de 67.500 euros a 16 associações juvenis da Região, cujas actividades de natureza educativa, formativa, cultural e de solidariedade social são imprescindíveis na coesão e desenvolvimento da sociedade civil, particularmente junto de crianças e jovens.

Os montantes atribuídos, argumenta o GR, são um contributo para a geração de dinâmicas participativas das crianças e jovens em projectos assentes na cidadania activa, condição essencial para que sejam criadas e reforçadas oportunidades efectivas do envolvimento de crianças e jovens em projectos da mais diversa natureza, todos com relevantes fins sociais.

“Na linha dos compromissos assumidos junto das populações, os contratos-programa com estas 16 associações juvenis têm ainda por objectivo a emancipação juvenil, de modo a que o respectivo associativismo represente um impulso gerador de autonomia, em que os jovens sejam os protagonistas activos, na construção de novos paradigmas consentâneos com as exigências da contemporaneidade”, refere um comunicado do Governo.

Os governantes reunidos deliberaram ainda autorizar a celebração de um contrato-programa com a Casa do Povo de Santa Maria Maior, atribuindo para o efeito um apoio financeiro, até ao montante máximo de 18.400.00 € (dezoito mil e quatrocentos euros). O contrato produz efeitos desde a data da sua assinatura até 31 de Dezembro de 2018.

Também resolveram dar parecer positivo à proposta de Relatório Anual de Execução do Programa de Desenvolvimento Rural da Região Autónoma da Madeira (PRODERAM 2020) relativo ao ano de 2017, e bem assim à segunda proposta de alteração do Programa de Desenvolvimento Rural da Região Autónoma da Madeira (PRODERAM 2020).

Também se deliberou a celebração de contratos-programa para a realização dos eventos “8.º Festival da Truta/Rota da Sidra/25.º Encontro de Grupos Culturais do Concelho de Santana”, “16.ª Feira das Sopas do Campo”, e “Festa da Cereja 2018”, e conceder às Casas do Povo de São Roque do Faial, da Boaventura e do Jardim da Serra, uma comparticipação financeira que não excederá, respectivamente, o montante de 5.000,00 € (cinco mil euros), de 5.025,00 € (cinco mil e vinte e cinco euros) e de 8.500,00 € (oito mil e quinhentos euros).

Entretanto, o Governo louva publicamente o conhecido atleta madeirense João Rodrigues, bem como os técnicos e dirigentes da Associação Regional de Vela da Madeira e do Centro de Treino de Mar, pelo excelente resultado obtido ao vencer o Campeonato do Mundo 2018, na modalidade de Vela, na classe de Raceboard em absolutos.

“João Rodrigues, ao longo da sua carreira, tem vindo a conseguir desempenhos de elevado significado para o desporto da Região Autónoma da Madeira, nomeadamente com presenças e resultados de relevo em competições nacionais, Campeonatos da Europa, Campeonatos do Mundo e Jogos Olímpicos”, salienta o Governo.