Câmara aprova proposta do PSD para criar um “Dog Park” no Funchal

Rubina CMF 16-11-2017
Os vereadores do PSD viram aprovada, na Câmara do Funchal, uma proposta para a criação de um “Dog Park”.

Os vereadores do PSD na Câmara do Funchal apresentaram, recentemente, uma proposta, que veio a ser aprovada, no sentido de “construir ou adaptar um dos parques existentes, para acriação de um Dog Park que permita aos munícipes passearem os seus cães, possibilitando a troca de experiências entre seres humanos e os seus animais de companhia”.

Os representantes “laranja” na vereação do Funchal consideram que “esta infraestrutura deve ter todas as valências indispensáveis para proporcionar momentos de lazer, em segurança, sendo por isso necessário a participação de especialistas nesta área”.

A proposta social democrata assentou nos pressupostos que “o ser humano tem, historicamente, uma longa ligação aos animais domésticos, de companhia, sendo o cão a espécie que mais esteve ao lado do Homem. Considerado inclusivamente o “melhor amigo do homem”, o valor destes animais está documentado ao longo de milénios de História”, além de que “os municípios devem preservar e fomentar o apreço pela causa animal, fornecendo sempre as condições necessárias para o desenvolvimento de relações entre os seus munícipes e as diferentes espécies de animais de companhia. No caso dos canídeos, é indispensável que o Funchal se revele uma cidade amiga destes animais.

A mesma proposta faz referência que “um inúmero incontável de funchalenses gosta de passear com os seus cães, um pouco por toda a cidade”, apontando que “não existem espaços que permitam acomodar os momentos de lazer que os donos gostam de passar com os seus cães” e, por isso, sublinhando a urgência de “criar infraestruturas que sirvam de suporte a tão nobre causa”

“Uma cidade amiga dos animais é uma cidade que revela maturidade civilizacional. Não podemos descurar qualquer aspeto que se prenda com o auxílio aos animais”, conclui o tetxo de suporte desta iniciativa que foi a deliberação de Câmara e que mereceu a concordância geral.

De acordo com os vereadores do PSD, falta a definição do espaço onde irá funcionar o “Dog Park”, sendo que, no momento da apresentação da proposta, o presidente da autarquia admitiu a hipótese de solicitar o espaço ao Governo, situação que a representação social democrata discorda, uma vez que, em sua opinião, “existem espaços de jardins da Câmara que podem ser adaptados para o efeito”. Os vereadores do PSD afirmam ter ideias para esses espaços, mas aguarda a decisão da autarquia relativamente à concretização da proposta “devidamente aprovada”..