João Ponte grande vencedor na Fajã da Ovelha

O piloto açoriano João Ponte foi o grande vencedor perante centenas de espectadores que se deslocaram à Fajã da Ovelha para assistir a II Prova do Campeonato Regional de Motocross Coral S/ Álcool. Numa pista preparada uma vez mais ao nível de uma prova do campeonato nacional, a expectativa era grande tanto para a organização como para os pilotos.

Organizada uma vez mais pelo Team CDRPrazeres / Bar Formiga, a prova correu mais uma vez como se esperava e o público aderiu em massa. Em sequência de uma queda grave do piloto Pedro Câmara, a organização decidiu que a segunda manga fosse anulada. Porém, para Ricardo Andrade, director de prova, a segurança do público, pilotos e dos colaboradores vem primeiro. “O balanço no global, é bastante positivo, tanto dos pilotos bem como do público e é desta forma que nós vamos nos vamos adquirindo a nossa experiência, organizando e corrigindo lacunas, para além desta e a pedido do imenso público, pilotos, parceiros e patrocinadores nos queremos realizar mais uma prova ainda esta época nesta pista. Também já estamos a trabalhar em parceria com a Federação e com a equipa do Dércio Gouveia para receber o Motocross das regiões na Madeira e se tudo se confirmar em 2019 teremos mais de meia centena de pilotos das mais diversas regiões de Portugal Continental e queremos que esta aconteça na Fajã da Ovelha”, declarou.

O Hole Shot, era uma novidade na II Prova do Campeonato foi conquistado na 1ª Manga por João Melim, piloto do Porto Santo que foi o mais rápido entre os 19 pilotos em pista, na II Manga foi João Ponte dos Açores que por escassos milímetros retira o cheque das mãos do atleta da casa Pedro Graterol.

Em MX1 venceu o piloto da ilha dourada, João Melim, da equipa do Porto Santo Line / Nata Dourada, Vitor Freitas do Team CDRPrazeres/Bar Formiga também teve uma palavra a dizer e faz o segundo posto e já Alexandre Gouveia também do Team CDRPrazeres/Bar Formiga fecha este pódio MX1 também com uma excelente prestação nesta prova.

Em MX2 foi João Ponte do Team Horácio da Silva Garcia, quem levou a melhor. Na primeira manga o piloto dos Açores saiu melhor que os seus adversários subindo ao escalão mais alto deste pódio até na geral. Já Rafael Rodrigues do Team Yamaha Madeira / Motor Clube Madeira deu espetáculo e acabou por conseguir a segunda posição e Pedro Graterol do Team CDRPrazeres/ Bar Formiga fecha assim com um 3º lugar o pódio.

Nos Juniores foi Tomás Camacho do Porto Santo Line / Nata Dourada, quem ditou as regras e manteve a segunda vitória consecutiva no campeonato à geral e Laura Vieira do Marítimo aos comandos da sua KTM SX 65 estreou-se esta época com um excelente segundo lugar.

Já na classe Hobby foi Pedro Gonçalves da equipa MS Probikes /MS Dragon Tatoos quem bisou. Já Carlos Henriques conquistou o segundo lugar e André Fernandes fechou assim este escalão.