PCP prossegue esforços para tornar realidade o novo hospital, apresentando projectos na ALRAM

O PCP, na sequência do que foi anunciado no passado dia 20 – nomeadamente, que o seu grupo parlamentar desencadearia um conjunto de iniciativas políticas para dar corpo à exigência da concretização do novo hospital da Madeira –  e para que as obras deste investimento arranquem o mais rapidamente possível e ainda antes do fim desta legislatura, deu entrada hoje com duas propostas legislativas na Assembleia Legislativa da Madeira.

Trata-se dum projecto de resolução, intitulado “Exigência de avanço do Novo Hospital”, e de um voto de protesto intitulado “Contra as falsas promessas do Governo da República!”

Com o primeiro documento, os comunistas apelam ao Governo da República para que envide todas as diligências e iniciativas necessárias para que o novo hospital central da Madeira seja brevemente uma realidade, definindo o modelo de financiamento para que o concurso público internacional abra o mais rapidamente possível.

“Porque um novo hospital é um imperativo de futuro para a RAM, tendo em conta a nova dinâmica demográfica na Região, com envelhecimento da população e aumento da cronicidade de doenças. Assim, há que adaptar as respostas na saúde à nova realidade e melhorar a capacidade e o funcionamento do Sistema Regional de Saúde”, defende o PCP.