Agitação marítima no Funchal deu “espectáculo” durante a tarde

Fotos: Rui Marote

A agitação marítima forte ao longo da costa da Madeira, se causou estragos, também seduz as pessoas, cuja curiosidade as conduz naturalmente ao litoral, para observar as forças da Natureza em acção. As grandes vagas que fustigavam hoje o Funchal, chegando a espuma a passar por cima do molhe da Pontinha, são de facto um espectáculo impressionante e um testemunho notável da tranquila, mas inexorável força do mar.

Da zona da Barreirinha, e mais acima, do Lazareto, observava-se a forma como a ondulação de sul se ia formando desde considerável distância da costa, até rebentar em grandes repuxos contra aquele complexo balnear e outras infraestruturas da orla marítima da cidade. O acesso a zonas mais sensíveis foi, prudentemente, interditado, por questões de segurança, conforme as autoridades já tinham avançado que iam fazer.

Em todo o caso, os amantes da fotografia e da filmagem de vídeos não tiveram mãos a medir e muitos foram os que se aproximaram, tanto quanto puderam, do litoral funchalense para observar a ondulação, que quase se assemelhava à dos grandes “spots” mundiais do surf…

A esta agitação marítima, vieram hoje somar-se as chuvas torrenciais que, se inundaram o Funchal, sem dúvida também ajudaram a limpar a cidade… A trovoada forte que as acompanhou ajudou a pintar este quadro decididamente invernoso.