Deslizamento de terras no Vasco Gil e queda de pedras na Fundoa, bombeiros mantêm patrulhamento

Ribeira Funchal B
O mau tempo tem registado algumas ocorrências no Funchal, de acordo com o último balanço da autarquia.

Um deslizamento de terra na zona do Vasco Gil (Santo António), que implicou uma desobstrução da via, e uma queda de pedras de pequeno porte na zona da Fundoa (São Roque), que também já foram retiradas, constituem as ocorrências registadas no último ponto de situação feito pela Câmara do Funchal.

De resto, como o FN já deu conta há pouco, a autarquia também vai proceder, a partir das 22h de hoje, ao encerramento da Rua da Casa da Luz, na zona do Almirante Reis, ao tráfico automóvel e à circulação pedonal, em virtude da necessidade de abater duas árvores que representam perigo para a via pública. Segundo o gabinete de comunicação, “o abate em questão já estava agendado, mas em virtude das condições meteorológicas previstas no concelho para amanhã, nomeadamente em termos de vento forte, optou-se por tomar esta medida de precaução de imediato, a qual se manterá em vigor até ao abate das duas árvores, previsto para a próxima quinta-feira, dia 1 de março”.

Devido à agitação marítima, mantêm-se encerrados o passeio marítimo da Praia Formosa, entre a Praia Formosa e a Ribeira dos Socorridos, e do troço em frente ao Hotel Porto Santa Maria, até ao Forte de São Tiago.

A Câmata informa, também, que “os Bombeiros Sapadores do Funchal continuam a fazer o patrulhamento regular da zona costeira e das zonas altas do concelho, de forma preventiva”.

 

A Autarquia recomenda, mais uma vez, que a população evite as zonas montanhosas e a orla costeira, bem como que adote as precauções adequadas ao vento forte previsto para amanhã, mantendo-se atenta aos avisos das entidades competentes.