Intervenção nas salas do bloco operatório é mais profunda do que parecia, há cinco cirurgias adiadas

HOSPITAL
Duas salas do bloco operatório continuarão sem funcionar durante uma semana.

Na sequência da informação, ontem veiculada, de que algumas salas do bloco operatório estariam condicionadas devido a uma avaria no sistema de ventilação, provocada pelos fortes ventos que se fizeram sentir nos últimos dias no Funchal, o SESARAM dá conta, hoje, de uma informação adicional que aponta para duas salas inoperacionais até à próxima semana.

O médico Miguel Reis, adjunto da direção clínica para o Bloco Operatório, refere a existência de “uma nova avaliação técnica dos grupos competentes do SESARAM” e e diz que “a intervenção requer uma abordagem mais profunda do que o inicialmente previsto, sendo que a reativação destas duas salas só deverá ocorrer na próxima semana”.

Como consequência, ocorre o adiamento de cinco cirurgias, mas Miguel Reis salvaguarda com o facto de estarem a ser feitas as cirurgias urgentes nas restantes cinco salas que estão a funcionar.