Recomendações à população para cuidados a ter em casa, no mar e na estrada face à ondulação, às chuvas e aos vento

chuva
Vêm aí chuva e vento para a Madeira. A Proteção Civil faz recomendações.

Feche portas e janelas e retire os objectos soltos que se encontrem nas varandas e peitorais das janelas. Sempre que possível, evite as viagens para as zonas afetadas por situação meteorológica adversa. Não circule por zonas com prédios degradados, devido ao risco de derrocadas”. Estas são algumas das recomendações que o Serviço Regional de Proteção Civil faz em virtude do agravamento das condições meteorológicas para a Madeira, a partir da tarde de hoje e até domingo, que apontam para chuva, vento e mar agitado, aqui com alerta laranja.
Numa informação disponibilizada à população, enviada aos orgãos de informação e já disponível no site do SRPC, apela-se a uma “atenção às estruturas montadas (andaimes, toldos, tendas, telhados), que poderão ser afectadas por rajadas mais fortes de vento, bem como a uma possível queda de árvores”.
Relativamente à agitação marítima, com forte ondulação, as recomendações vão no sentido de “evitar circular nas zonas costeiras (falésias, escarpas, vias marginais, passeios marítimos, praias); Nas zonas em risco de erosão costeira, a população deverá tomar atenção à eventual afetação de edifícios (habitações, estabelecimentos comerciais, apoios de praia, etc.), localizados junto à costa ou próximo de praias”.

O SRPC dá conta, também, que a informação atualizada pode sempre ser acompanhada através do site do serviço www.procivmadeira.pt. e na APP Prociv Madeira, registando-se uma articulação com o Observatório Meteorológico do Funchal.

O alerta laranja de agitação marítima na costa norte deve-se às previsões de ondas de noroeste com 5 a 7 metros, sendo válido entre 2018-01-06 14:59:59 e 2018-01-07 08:59:59, o mesmo se passa relativamente ao Porto Santo.