Medicamentos gratuitos para 500 pessoas em Santa Cruz

Santa Cruz medicamentos 29-12-2017
Santa Cruz assina protocolo que permite medicamentos gratuitos para 500 pessoas carenciadas do concelho.

A Câmara Municipal de Santa Cruz e a Associação Dignitude assinaram, esta manhã,   um protocolo que permitirá às famílias mais carenciadas do concelho  o acesso gratuito à medicação prescrita a partir de 2018.

O primeiro investimento da autarquia neste programa será de 50 mil euros, abrangendo um total de 500 pessoas.

A cerimónia, que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, contou ainda com a presença de Nuno Olim, da Ordem dos Farmacêuticos.

Na prática este protocolo vai permitir às famílias que serão selecionadas a atribuição de um cartão de acesso gratuito aos medicamentos com receita médica, com a particularidade de ser abrangente a todos os membros do agregado familiar.

O autarca Filipe Sousa sublinhou a importância da medida, que se insere no cariz social do programa de desenvolvimento que está a ser delineado para Santa Cruz. Um programa que, em paralelo com os investimentos públicos, quer estar atento às reais necessidades das famílias, indo ao encontro daquelas que são as necessidades em matéria de educação, qualidade de vida e saúde.

Ou seja, é um programa que visa “tornar mais abrangentes, adequados e céleres os programas de que dispõe ao nível do apoio social aos munícipes mais carenciados”.

É com este objetivo que o município de Santa Cruz estabeleceu o presente protocolo com a associação Dignitude, uma Instituição de Solidariedade Social, sem fins lucrativos, que é responsável pelo desenvolvimento, operacionalização e gestão do Programa abem: Rede Solidária do Medicamento.

Ao nível regional, Santa Cruz é o primeiro município a assinar um protocolo deste género.