Capitania do Porto descreve operação de assistência à embarcação Aciolinda, ontem na Praia Formosa

A Capitania do Porto do Funchal emitiu hoje um comunicado dando conta da coordenação, durante a manhã de ontem, de uma operação de assistência à embarcação de pesca costeira “Aciolinda”, junto à Praia Formosa, no Funchal.

O proprietário da embarcação contactou o Comando Local da Polícia Marítima do Funchal durante a madrugada, pois o barco tinha encalhado com 7 tripulantes a bordo. Todos estava bem, todavia, sem necessitar de assistência médica. Iriam aguardar pela subida da maré para desencalhar a embarcação.

Foram empenhados agentes da Polícia Marítima para verificar a ocorrência, os quais, deslocando-se ao local, confirmaram que a segurança dos tripulantes não estava em risco. Às 8 horas da manhã, deslocou-se ao local a embarcação salva-vidas da Capitania do Porto, ISN-SR40, que transportou elementos do Bombeiros Municipais do Funchal, para prestarem assistência no esgoto da entrada de água na embarcação, causada pelas condições meteorológicas, nomeadamente a subida da maré e rebentação. Foi então iniciado o processo de contenção de danos ambientais, coordenado pelo Serviço de Combate à Poluição do Departamento Marítimo da Madeira, tendo sido solicitado ao proprietário que removesse parte dos contaminantes que se encontravam a bordo.

Pelas 17h20, a embarcação foi retirada para terra em segurança, não existindo quaisquer vestígios de poluição na orla marítima, assevera a Capitania, num comunicado assinado pelo comandante do porto do Funchal, Paulo Jorge da Silva Ribeiro.