Comissão de inquérito ao SESARAM tem 4 meses para apresentar relatório

Foi hoje publicada em Diário da República a Resolução da Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira que constitui uma comissão eventual de inquérito parlamentar aos serviços prestados pelo SESARAM -Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira, E. P. E.

A Assembleia Legislativa da Madeira aprovou a dita comissão parlamentar de inquérito a 20 de novembro com o objetivo de averiguar e apresentar um relatório com as conclusões de avaliação no prazo de 120 dias após o início dos seus trabalhos, com o seguinte objeto:

I. As causas do aumento do tempo de espera quer para consulta, quer para cirurgias;

II. As razões para a recorrente falta de material hospitalar e farmacêutico;

III. As razões para a desmotivação generalizada no pessoal, levando a greves e manifestações;

IV. A evolução dos custos do SESARAM, sem a respetiva melhoria na qualidade do serviço;

V. Responsabilidades do Governo Regional que tenham contribuído para a degradação da qualidade dos serviços prestados atualmente;

VI. Estimativas do impacto do Novo Hospital Central da Madeira nos tempos de espera das consultas e das cirurgias;

VII. Estimativas do impacto do Novo Hospital Central da Madeira na despesa a curto, médio e longo prazo;

VIII. O Payback do Novo Hospital Central da Madeira.