Investimento do Funchal em segurança nas escarpas ascende a 8,7 milhões de euros

Miguel Gouveia 23-11
Miguel Gouveia revela que o investimento na consolidação das escarpas ascende a 8,7 milhões de euros.

O vice presidente da Câmara do Funchal anunciou hoje que a reunião da autarquia aprovou, por unanimidade, as peças do procedimento concursal para a consolidação da escarpa do Cabeço dos Lombos, no Monte, na sequência dos incêndios de 2016. Era a última das escarpas que faltava submeter ao abrigo do POSEUR, sendo este o sexto projeto de consolidação de escarpas a submeter-se ao apoio.

Miguel Gouveia considera esta obra de grande importância, sublinhando o valor envolvido, na ordem dos 510 mil euros, representando, no total de obras em escarpas, um valor de 8,7 milhões de euros, com comparticipação até 85 por cento. “Trata-se de uma das maiores intervenções de segurança em escarpas sobranceiras a estradas municipais”. O  vice da Câmara fez referência ao facto do compromisso assumido pelo Governo da República, ter registado o total cumprimento para com a Região.

Em matéria de outras deliberações, foram ainda aprovadas, por unanimidade, as peças do projeto da ETAR do Funchal, que ficará no Lazareto e que deverá submeter-se a avaliação ambiental. Também por unanimidade, foram aprovados dois benefícios fiscais, a empreendimentos comerciais no Funchal, nomeadamente na Sé e na zona de Santa Maria Maior.