Amândio Silva foi à Festa da Castanha e aproveitou para apontar diversos problemas do Curral das Freiras

O vereador do PS na Câmara Municipal de Câmara de Lobos, Amândio Silva, visitou hoje a XXXIV edição da Festa da Castanha, no Curral das Freiras. Um festividade que considera “importantíssima para a freguesia”.

Nos últimos anos, referiu, a população local “tem sentido na pele” diversos transtornos à produção da castanha.

Há um ano, disse Amândio Silva, o PS sinalizou uma situação que ocorreu num pomar da Câmara Municipal, “que tem a ver com o vespeiro da castanha”.

O vereador considerou que era essencial que a autarquia e o Governo “introduzissem um parasitóide”, o que de facto ocorreu este ano. No entanto, este socialista disse que há castanheiros a definhar, sem qualquer possibilidade de recuperação, e exige “uma monitorização do que foi feito”, para se poder dizer algo de concreto aos produtores: a situação do vespeiro está efectivamente combatida? Até ao presente, não tem havido respostas definitivas.

Por outro lado, apontou, o Curral é uma freguesia que “sofre de problemas estruturais”, relacionados com a ligação à sede do concelho, e que sofre de questões sociais, sendo “uma freguesia envelhecida”.

Na perspectiva de Amândio Silva, não se compreende como é que, tendo a Casa do Povo uma valência social intitulada “Lavandaria Social”, de apoio aos idosos, não ter o Governo Regional realizado, até hoje, qualquer contrato-programa. A Casa do Povo “faz este trabalho quase a título voluntário”, apontou. Ora, o Governo Regional “está a demitir-se das suas responsabilidades que a freguesia enfrenta no dia-a-dia”.