Rui Rio diz que o PSD “não é um partido de direita” e lembra Sá Carneiro

rui rio
Rui Rio defende um PSD com os ideais do PPD de Sá Carneiro.

Rui Rio apresentou hoje, oficialmente, a sua candidatura à liderança do PSD. Rio disse que, agora, pode estar “com os dois pés” nesta candidatura, o que não aconteceu em períodos anteriores, sublinhando que o partido “está numa situação difícil”.

O candidato, que terá, para já, Santana Lopes como principal adversário, disse que o PSD não é um partido de direita, mas sim de centro. O PPD de Sá Carneiro, Francisco Balsemão e que tantos outros fundaram, é um partido de centro, que vai do centro-direita ao centro-esquerda”.

Rio deixou uma garantia: “Comigo não haverá ruturas geracionais no partido, conto com todos”.