Rui Santos (PSD) ganhou em Santo António com mais votos do que em 2013

Logotipo José Alves

Já está apurada a votação na freguesia de Santo António, concelho do Funchal.

Para a Junta, o PSD venceu por 38,94% (5.287 votos) contra 32,11% (4.360 votos) do candidato da coligação ‘Confiança’.

Nas Autárquicas de 2013 Rui Santos, do PSD, tinha ganho com uma percentagem menor: 34,97% (4.556 votos) contra 33,42% (4.355 votos) da então ‘Mudança’.

A CDU foi a grande sacrificada em Santo António. Em 2013 tinha obtido 10,78% (1.404 votos) neste freguesia e agora só obteve 696 votos (5,13%).

O CDS também desceu de 14,75% em 2013 para 10,62% em 2017.

Para a Câmara Municipal, a coligação ‘Confiança’ reforçou a votação obtida em 2013. Nessa altura a então ‘Mudança’ tinha alcançado 37,27% (4.856 votos) em Santo António e agora aumentou para 40,60% (5.503 votos).

Contas finais em todo o concelho do Funchal revelam os seguintes números:

a) Para a Câmara:
-Confiança: 42,05% (23.577 votos: 6 vereadores), aumentando em relação aos 39,22% (21.102 votos) obtidos em 2013.
-PSD: 32,05% (17.971 votos: 4 vereadores), aumentando em relação aos 17.450 votos (32,43%) de 2013.
-CDS: 8,59% (4.819 votos: 1 vereador), diminuindo em relação aos 14,55% (7.828 votos), obtidos no Funchal em 2013.
-CDU: 3,62% (2.029 votos), diminuindo em relação aos 8,37% (4.504 votos) obtidos em 2013.

b) para a Assembleia Municipal:

-Confiança: 38,69% (21.693 votos).
-PSD: 31,93% (17.903 votos)
-CDS: 9,73% (5.458 votos)
-CDU: 4,67% (2.616 votos)

Na nova Assembleia Municipal passam a ter assento a Confiança (15 mandatos); o PSD (12 mandatos); o CDS (3 mandatos) e CDU, “Nova Mudança” e PTP cada um com um mandato.