Passos Coelho não se demite mas admite não se recandidatar ao PSD

passos coelho
Passos Coelho não se demite da liderança do PSD.

Logo 1 de outubro

O líder nacional do PSD, Pedro Passos Coelho, afirmou, no balanço do resultado eleitoral que penalizou fortemente a liderança social democrata, disse que não se demite da presidência do PSD, mas também não colocou de parte ficar de fora das próximas diretas que se realizarão no início de 2018.

“Farei uma reflexão aprofundada sobre as condições para me submeter a um novo mandato”, disse. Uma explicação junto com a comissão política.

Na noite eleitoral, Manuela Ferreira Leite e Marques Mendes consideraram que Passos Coelho não tem condições para se manter à frente do PSD.