Cafôfo no discurso da vitória enaltece partidos da coligação que preferiram somar a subtrair

(Vídeo Susana Viríssimo)

*Com Emanuel Silva (texto) e Rui Marote (fotos)

Visivelmente emocionado com a vitória, o reeleito presidente da Câmara Municipal do Funchal abriu o discurso da vitória neste registo: “Quem ganhou foi o Funchal”.

Fotos Rui Marote.

É para continuar a fazer história

Paulo Cafôfo incidiu a tónica do seu discurso, já após a meia noite, sublinhando que a sua candidatura é “um projeto de cidadania” e pretende continuar “a fazer história, a fazer futuro”.

O vencedor enalteceu “a postura democrática” dos membros da coligação Confiança que é a marca do seu ADN. De forma particular, agradeceu publicamente os partidos que integraram esta coligação, pois “deram um exemplo de democracia, preferindo somar em vez de subtrair”.

(Vídeo Emanuel Silva)

Paulo Cafôfo encerrou a sua intervenção com os agradecimentos da praxe, ao mandatário Danilo Matos, ao diretor de campanha, Miguel Iglésias e à mobilização da juventude “Pelas Pessoas”, entre outros cidadãos que deram o rosto ao seu projeto.

Depois, a festa pelas ruas, um mar de bandeiras azul e branco, desde a sede de campanha às ruas principais da cidade.

Os resultados numéricos ainda não estão totalmente apurados. A vitória de Cafôfo está garantida, não há maioria abosluta mas há dúvidas nos mandatos: se 5-5-1 ou se6-4-1. Tudo em aberto devido aos problemas ocorridos na contagem dos votos na freguesia de Santo António.