Diocese do Funchal põe jovens no centro do Plano Pastoral 2017/2018 e apresenta Jornal da Madeira online

bispo-do-funchal
D. António Carrilho vai estar presente na apresentação do Plano Pastoral 2017/2018.

Amanhã, dia 30 de setembro, pelas 9h30, no convento de Santa Clara, terá lugar a Assembleia das Direções dos Secretariados, Movimentos e Obras Laicais com a abertura do novo ano pastoral 2017/2018 e a apresentação do programa pastoral diocesano e do calendário geral da Diocese do Funchal.

A assembleia será presidida pelo Bispo do Funchal, D. António Carrilho, e a organização espera a presença das direções dos Secretariados e Departamentos Diocesanos e as direções dos Movimentos e Obras Laicais presentes na diocese. Numa nota distribuída à comunicação social, refere-se que “este encontro, no último sábado do mês de setembro, é já uma tradição na nossa diocese e marca a abertura de um novo ano pastoral. É vivido em clima de encontro de oração e reflexão, mas também de convívio e de comunhão entre os representantes dos diversos organismos”.

O tema escolhido para este ano pastoral foi: “Diocese do Funchal: Igreja jovem com os jovens”. Diz a mesma nota que se trata de “seguir os passos do Papa Francisco, ao convocar, para outubro de 2018, o Sínodo dos Bispos sobre os jovens, a fé e o discernimento vocacional, em Roma. A Igreja do Funchal quer também abraçar este desafio, renovando a vida cristã e integrando os jovens na vida e missão da Igreja de anunciar o Evangelho”.

Os trabalhos, em Santa Clara, abrem com um momento de oração e uma palavra de D. António Carrilho. Segue-se uma conferência proferida pela irmã Teresa Cláudia Correia de Pinho, Missionária Verbum Dei, sobre os “jovens, a fé e o discernimento vocacional” e sobre o tema do novo pastoral 2017/2018: “Diocese do Funchal: Igreja jovem com os jovens”. Após um tempo de intervalo, é apresentado o Programa Pastoral Diocesano 2017/2018 e o Calendário geral da Diocese do Funchal pelo padre Marcos Gonçalves. O encontro termina com a apresentação breve dos principais eventos dos diversos Movimentos e Obras laicais e a apresentação do novo projeto de comunicação da Diocese do Funchal: o Jornal da Madeira on-line, pelo padre Giselo Andrade Vieira.

A Diocese, diz a mesma nota, “tem pedido a todos os Movimentos e Obras laicais que enviem para o Gabinete de informação da Diocese o seu plano de eventos e atividades para que possam ser introduzidos no Calendário geral da Diocese”.