Três paquetes de luxo despertam no porto do Funchal e animam a economia regional

Um porto bem composto de visitantes. Fotos FN.

AidaSol, Costa Magica e Independence of the Seas são os navios de cruzeiro que hoje decoram o porto do Funchal e prometem dinamizar a economia regional.

Vindos sobretudo de Canárias, estes paquetes trazem a bordo um total de mais de 6 mil passageiros e têm um dia para uma visita sumária à cidade do Funchal e compra dos souvenirs na baixa.

Entraram na cidade quando ela ainda estava adormecida. Fazem-se aos cais como se de uma embarcação leve e comum se tratasse. A  bordo dormem mais de dois mil passageiros em cada transatlântico. Quando despertam verdadeiramente, têm a bela baía do Funchal à sua espera para a prometida descoberta. O movimento de táxis e autocarros de turismo já os espera desde cedo, afinal não há tempo a perder. A estação alta dos cruzeiros a visitar a Madeira vai até abril e há que aproveitar a “onda”. Os comerciantes, de vários setores, aguardam os cruzeiristas para vender a sua mercadoria. A cidade ganha sempre outra dinâmica com os forasteiros. É o Funchal no seu habitual cosmopolitismo.