Voto a favor do CDS/PP é voto contra as “aberrações” do PDM

Rui Barreto Santo António 2
Rui Barreto foi às zonas altas prometer luta contra este PDM do Funchal. Para isso, precisa de votos, lembra ao eleitorado.

O candidato do CDS/PP à Câmara do Funchal recordou hoje, numa ação de campanha que envolveu contactos com a população de Santo António, que foi este partido “o único partido a fazer um debate sobre o PDM e a descobrir as “aberrações” do documento”, pelo que pediu às pessoas para no dia 1 de outubro “darem força ao CDS-PP, para podermos “votar contra o PDM”.

Rui Barreto tranquilizou as populações da zonas altas em relação ao Plano Director Municipal (PDM), “um documento que prejudica as pessoas que vivem nas chamadas habitações clandestinas, dado que a revisão feita pela coligação Mudança e por Paulo Cafôfo reduz as áreas de construção e, para o PDM, é como se essas casas não existissem, além de o documento ter sido elaborado com base nos censos de 2001 e com cartografia de 2005”.
Rui Barreto deixou ainda uma mensagem muito específicas para as populações das zonas altas: o compromisso de fazer das pequenas grandes obras para dar qualidade de vida às populações e dignidade aos sítios, caminhos, estradas, vereadas, miradouros.