Deputado do CDS/PP questiona ausência de Cafôfo na Assembleia Municipal e reunião é suspensa

funchal-camara-a
A reunião da Assembleia Municipal do Funchal foi suspensa.

A última Assembleia Municipal do Funchal antes das eleições de 1 de outubro foi atribulada quando a oposição colocou em causa a legalidade da própria reunião face à ausência do presidente da Câmara, bem como do vice-presidente.

O problema foi levantado pelo deputado municipal do CDS/PP, sendo que depois de uma avaliação da situação, os trabalhos estão suspensos para uma reunião de representantes dos partidos tendo em vista a decisão sobre os trabalhos.

Não é autarquia de confiança”, diz Rubina Leal

A este propósito, a candidata do PSD à Câmara do Funchal já reagiu e considera que” isto demonstra o desgoverno com que sempre esteve este município e o desnorte com que esta Câmara está a ser gerida. Não é uma autarquia de confiança, há muitos empresários que estão a aguardar, alguns deles há dois anos, por licenças de urbanismo. Não há vereador de urbanismo. Nem hoje, na última Assembleia Municipal antes das eleições, se o presidente da Câmara se digna estar presente, não entendemos este procedimento, não pode colocar a sua agenda política acima dos interesses da cidade do Funchal e da população”.

Até ao momento não foi possível apurar a posição do presidente da Câmara Paulo Cafôfo, pelo que, a todo o momento aguardamos contacto para atualização da informação.