Rui Barreto questiona Paulo Cafôfo e Rubina Leal

Ontem da noite, no Chão do Jamboto, zona alta de Santo António, mais de uma centena de populares ouviu críticas a Rubina Leal a Paulo Cafôfo.

Rui Barreto questionou este sábado o valor das promessas de Rubina Leal e Paulo Cafôfo, com base em duas perguntas que o próprio lançou à multidão que o ouvia no Chão do Jamboto, em Santo António: Rubina Leal anda a prometer o que não foi capaz de realizar em oito anos na Câmara e dois anos e meio no Governo; que mudança significativa trouxe para a Cidade, em quatro anos, o actual presidente da Câmara?

As respostas surgiram em turbilhão: não, o Funchal não está melhor e a cidade também não está mais limpa. Não houve trabalhos para reduzir as perdas na rede pública de abastecimento e o comércio estagnou. Há alguma cultura democrática sem ser a que fica na cidade? Há melhoria da qualidade de vida?

Quanto a Rubina Leal: agora diz que quer devolver IRS mas o seu partido, em quatro ano na Câmara, não apresentou uma única proposta nesse sentido; promete limpar os jardins da Sociohabita mas esqueceu-se de limpar os jardins do Instituto de Habitação da Madeira, organismo por si tutelado nestes dois ano e meio; e veja-se ao que isto chegou: ainda não existe o ferry mas já se sabe o preço das viagens.

Rui Barreto citou todos estes exemplos por “respeito à memória” dos funchalenses e para alertar os eleitores para os “populismos” em que esta fase de pré-campanha tem sido pródiga, comprometendo-se a “ser sério e rigoroso” porque “são exemplos destes que deixam as pessoas cansadas da política”.

Rui Barreto enumerou alguns dos seus compromissos para o Funchal (seguem abaixo) e pediu aos funchalenses para que não olhem apenas para as emblemas dos partidos mas para a qualidade dos candidatos do CDS-PP. “Se me permitem, o Paulo desiludiu, a Rubina não entusiasma e a esperança está na candidatura do CDS-PP”, resumiu o candidato.

Neste mini-comício nas zonas altas de Santo António marcaram presença a equipa candidata à Junta de Freguesia de Santo António, liderada por Nelson Costa Ferreira, e os diversos candidatos à Vereação.

COMPROMISSOS DA CANDIDATURA:

-Apoiar, nas mensalidades, todas as crianças matriculadas nas creches (públicas ou privadas) do Funchal

-Trabalhar para, no prazo do mandato, devolver a totalidade de IRS que a lei permite (5%) aos Funchalenses

-Criar o cartão Eco-Funchal, premiando os munícipes e os condomínios que mais reciclarem, através de descontos na factura da água;

-Responder rapidamente aos pedidos dos munícipes, reduzindo a burocracia e criando uma plataforma online para que seja possível acompanhar o andamento dos pedidos e requerimentos.

-Apostar nas pequenas obras. Na manutenção e no arranjo do espaço público, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida dos funchalenses. Na manutenção em bom estado da rede viária e das redes de água e de saneamento. Na facilitação das condições de mobilidade dos cidadãos, sobretudo daqueles com maiores dificuldades (mais idosos ou portadores de deficiência).