BE critica maiorias do PSD em Câmara de Lobos e quer “romper” com a mesma

Paulo Alexandre Santos, candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Câmara de Lobos, deixou hoje um alerta à população para as sucessivas maiorias que os social-democratas têm obtido naquela localidade nos últimos quarenta anos. Denunciando a “estagnação” que, em seu entender, a Câmara tem apresentado, quer em matéria de apoios sociais, quer de infraestruturas, quer de saneamento básico, referiu que é propósito do BE romper com essas sucessivas maiorias políticas na autarquia, e contribuir para uma efectiva evolução do concelho.

Para Paulo Santos, a actual governação camarária “não tem feito grandes investimentos”, e não tem ido ao encontro do povo.

O BE, disse, “não tem interesses políticos, nem pessoais”.

A candidatura do BE baseia-se nos apoios sociais, quer a jovens, quer a mais idosos, criando uma loja do munícipe no Curral das Freiras, e melhorando o saneamento básico nas zona altas, entre outras medidas.

“Isto não é só deitar asfalto na estrada”, criticou, e beneficiar “sempre as mesmas empresas”.

“Não se está a ver nenhuma evolução”, disse.

Considerou ainda que é necessário impedir os jovens de abandonar o concelho, apoiando-os mais para que não o abandonem.

Por outro lado, há que “baixar o IMI” e melhorar jardins e miradouros do concelho, para aproveitar e atrair mais turismo.