Albuquerque inaugura obras de remodelação do Posto de Receção do Pescado no Porto Moniz

Segunda feira foi dia de Miguel Albuquerque rumar ao Porto Moniz para inaugurar as obras de remodelação da lota ou, como é mais correto dizer-se, do Posto de Receção do pescado, o único na costa norte que serve uma vasta comunidade pescatória que ali aporta para descarga de várias espécies.

Aliás, reza uma informação da presidência do Governo Regional, é um dos portos designados para descargas de espécies de profundidade em quantidades superiores a 100kg, nos termos da regulamentação comunitária. Movimentou no ano de 2016 cerca de 300.000€ e um volume de 100 toneladas, sendo que a espécie mais descarregada é a lapa.

O projeto de remodelação, que custou cerca de 300 mil euros, financiado pela União Europeia, teve em vista a adaptação do espaço existente aos padrões europeus a que estão sujeitos os operadores dos géneros alimentícios e às regras específicas para a manipulação dos produtos da pesca, introduzindo alterações no fluxo do pescado e nos equipamentos que o suportam, e a melhoria das condições operacionais tendo em vista uma melhor prestação de serviços aos pescadores.

Foram também introduzidas alterações estruturais com vista à melhoria das condições de trabalho dos funcionários e das condições sanitárias, com a criação de instalações balneárias de apoio aos utentes do espaço.