Espectáculo de luz e cor projectado na fachada da CMF a 18 e 19 deste mês

As comemorações deste ano do Dia da Cidade, refere a CMF, contam com mais uma grande novidade, que, considera a edilidade, promete atrair curiosos de toda a Região. Diz um comunicado da autarquia que será produzido, pela primeira vez na Madeira, um espectáculo de vídeo mapping, uma técnica de projecção de vídeo que utiliza as fachadas dos edifícios como tela, criando ilusões de óptica e noções de movimento em objectos estáticos, acompanhadas de efeitos sonoros e luminosos.

Nos dias 18 e 19 de Agosto, a Praça do Município “vai, assim, receber uma verdadeira enchente de luz e cor, numa aposta pioneira na Região, que promete não deixar ninguém indiferente e que tem granjeado grande reputação, entusiasmo e um legião de seguidores ao longo dos últimos anos, em cidades como Lisboa, Mafra ou Coimbra, onde os espectáculos de vídeo mapping já se tornaram emblemáticos”. As sessões duram 12 minutos e, em ambos os dias, serão continuamente projectadas entre as 22h e as 23h30.

O espectáculo, assente em imagens em 3D, pretende contar a História do Município, abordando episódios do presente e mostrando a ambição do que deve ser o Funchal no futuro. A diáspora e as cidades com as quais o Funchal é geminado também não foram esquecidas. A intenção é que os espectadores sejam conduzidos numa viagem no tempo, que os deixará “orgulhos de si próprios e da sua cidade”.

Por outro lado, a estátua de João Gonçalves Zarco, presente na Avenida Arriaga, terá também um papel central, e vai “ganhar vida através de um actor virtual, que será projectado na fachada da Câmara Municipal e que irá interagir com a mesma”, diz a CMF. Serão, ainda, homenageados funchalenses ilustres, que contribuíram, e ainda contribuem, para a projecção do Funchal e da Região, em Portugal e no Mundo, conclui a Câmara.

 

A CMF enaltece que esta é mais uma aposta na oferta cultural do Município, de acesso livre a toda a população, e que coloca, mais uma vez, o Funchal na rota dos grandes eventos nacionais e internacionais. Para além do interesse turístico, que será incontornável para todos quantos visitam a cidade nesta altura de agosto, este é um evento que também vai ajudar a promover o comércio local.

 

A Autarquia incentiva, por isso, a que todos os proprietários aproveitem esta iniciativa municipal para manter os seus estabelecimentos abertos e que tirem, dessa forma, o maior partido possível da afluência de público que se irá dirigir à Praça do Município. Apela-se, igualmente, à criatividade dos proprietários, para que dinamizem ementas alusivas ao espetáculo, promovam e divulguem descontos nos seus produtos e tirem o melhor partido desta oportunidade para gerar atratividade e impulsionar as suas vendas, uma vez que serão duas noites de cultura e lazer, mas, igualmente, de muita emoção.