CMF aprovou consolidação de taludes e obras nas zonas altas

A CMF deliberou ontem, em reunião de Câmara, a aprovação do projecto e dos procedimentos para a consolidação de taludes, nomeadamente na Estrada Comandante Camacho de Freitas, na SOCIPAM, e também no Caminho dos Tornos. Este último tem estado fechado, disse o edil Paulo Cafôfo, “com muito prejuízo para as populações que ali vivem, mas porque temos um parecer do Laboratório Regional de Engenharia Civil que nos impede de o abrir ao público, dada a perigosidade para bens e pessoas”.

Está-se a preparar uma candidatura de financiamento europeu no programa POSEUR, que, disse o presidente da Câmara, “será avançada o mais rápido possível”, para se realizar o concurso depois do qual as obras poderão ter início.

Este é um investimento avultado. No Caminho dos Tornos, cifra-se num milhão e oitocentos mil euros; na Estrada Comandante Camacho de Freitas, o valor é de 2 milhões e duzentos mil euros. A limpeza foi feita na Estrada Comandante Camacho de Freitas, mas a consolidação é uma intervenção de engenharia que implica um trabalho a fundo.

Já no Caminho dos Tornos nem foi possível fazer esta limpeza: iniciámo-la, mas constatou-se que não era possível realizá-la, era necessário partir logo para uma intervenção de fundo, disse Cafôfo.

Outra deliberação foi uma abertura de concurso para uma obra nas zonas altas de Santo António, nomeadamente na vereda da Freirinha, uma obra no valor de meio milhão de euros. Trata-se do alargamento da vereda, das redes de água e saneamento básico.

As acessibilidades e o saneamento básico, disse Cafôfo, são dos principais problemas que têm as zonas altas.