Raquel Coelho formaliza candidatura ao Funchal pelo PTP

Foto DR.

A deputada e dirigente do PTP/Madeira Raquel Coelho, cabeça de lista do partido às Eleições Autárquicas no Funchal – formalizou ontem a sua candidatura – com a entrega das listas no Palácio da Justiça.

Informou, a candidata, que o PTP irá concorrer a todos os órgãos do concelho, à Câmara Municipal, à Assembleia Municipal e todas as freguesias. “Temos como objetivo, melhorar a vida dos munícipes e devolver o Funchal aos Funchalenses”, afirmou.

Em conferência de imprensa diz querer “que o Funchal dê um salto qualitativo em direção aos valores da igualdade, da democracia e da justiça social.Queremos um Funchal para todos, uma autarquia que esteja ao serviço das populações e não focada em servir os interesses político partidários e do poder económico”.

Raquel Coelho deu o exemplo da construção do Hotel Savoy, e acusa o Executivo Camarário de só agir agora com medo dos resultados eleitorais, ao anunciar uma auditoria às obras do Hotel, quando o prédio já está praticamente edificado.  “Agora que as populações se estão a aperceber da magnitude e do impacto visual negativo na zona do infante é que a Câmara vem deitar água na fervura e sacudir a água do capote”, fulminou a candidata.

Criticou também a postura eleitoralista do atual executivo, por estes trabalharem apenas a três meses das eleições.

O PTP acusa o Presidente da Câmara do Funchal de fazer apenas “show-off, em fotos e páginas de jornais”, assegurando que os Funchalenses “querem é obra feita e resultados palpáveis”. Paulo Cafofo não conseguiu cumprir com as promessas feitas, dando alguns exemplos como o caso do  PDM, da Etar e da reabilitação urbana.

A candidata também prometeu, reabilitação urbana das zonas históricas do Funchal e habitação social para tirar as populações das zonas de risco.