Maxi-iate à vela ‘Sorceress’ chegou hoje ao porto do Funchal

Fotos: Rui Marote

A Madeira regista já neste momento a presença de grandes “máquinas” de competição na navegação à vela, nomeadamente os catamarãs GC32 da Extreme Sailing Series que em breve se disputará na baía funchalense. Mas uma outra grande “máquina”, digna de atenção pelos aficcionados dos assuntos náuticos, chegou hoje ao porto do Funchal, por volta das 13 horas. Trata-se do maxi-iate “Sorceress” (‘feiticeira’) que pernoitará, deixando a cidade apenas amanhã.

E que iate. Com quase 30 metros de comprimento, criado pelo estaleiro sul-africano Southern Wind, navega com bandeira das Ilhas Marshall, tendo como porto de chamada Bikini – curiosamente um atol desabitado, com cerca de 6 km, onde foram em tempos realizados testes de bombas atómicas, pelos norte-americanos, entre 1946 e 1958.

Conforme pudemos apurar através de uma simples pesquisa na Net, o ‘Sorceress’ é um iate novinho em folha, tendo sido colocado na água em Abril deste ano, como o primeiro modelo da série limitada SW96. O barco é todo em carbono, e tem interiores luxuosos, para o género, criados pela Nauta Design. Apesar do seu comprimento, desloca apenas 56,7 toneladas. Apesar do luxo, foi concebido para participar em regatas tanto costais como transoceânicas, ao mesmo tempo que proporciona ao seu feliz proprietário, que o encomendou ao estaleiro com estas características, a possibilidade de confortáveis viagens de cruzeiro.

O iate pode transportar quatro membros da tripulação e mais oito passageiros. Este iate à vela conta ainda com um motor de  231 hp Steyr SE236E40 a diesel.

O barco será exibido no Monaco Yacht Show, que decorre de 27 a 30 de Setembro deste ano.