PPM questiona declarações de Pedro Ramos sobre caminho “a passos firmes para a normalização” na Saúde

O PPM Madeira considera “incredível” que o secretário regional da saúde tenha afirmado “que se caminha a passos firmes para a normalização” de uma área que é de extrema importância para todos.

Em comunicado, o dirigente do partido, João Noronha revela que não se pode negar o óbvio: Existe falta de enfermeiros, as urgências são um caos com os seus profissionais a fazerem o que podem, a falta de medicamentos é preocupante.

Segundo o PPM não se aumenta o investimento no desenvolvimento de cuidados continuados e de apoio às pessoas com problemas de saúde mental. Continuam a não reconhecer e dignificar os profissionais de saúde através de remuneração adequada às funções exercidas. A falta de transportes para os doentes não pode ser negado, entre tantas outras situações que deixam a saúde da região em estado grave que outros não querem reconhecer.