Marinhas francesa e portuguesa homenageiam vítimas de ataque de submarino alemão há um século

A Marinha francesa, pela mão do comandante do Navio “Monge”, capitão-de-fragata Christian Queffelec,  acompanhado de membros da sua guarnição, homenageou, hoje, dia 8 de Junho, pelas 16h30, no cemitério de São Martinho, os franceses e os portugueses falecidos há pouco mais de 100 anos, na baía do Funchal, devido a um ataque de um submarino alemão à cidade.

Esta cerimónia contou também com a presença do representante da República para a RAM, juiz conselheiro Ireneu Barreto, e do cônsul honorário de França no Funchal,  Eduardo Silva.

Naturalmente, estiveram também presentes elementos da Marinha portuguesa e de outros ramos das forças armadas, que acompanharam os seus congéneres franceses nesta homenagem.