Porto Moniz com projeto ‘Embala+’ e ‘Ecomoniz’

A Câmara Municipal do Porto Moniz apresentou ontem, dia 17 de Maio, no Centro de Ciência Viva, o projeto Embala+ e a sua iniciativa ECOMONIZ que visa divulgar e promover a sustentabilidade ambiental do concelho e as boas práticas de gestão dos RSU.

Este projeto, que partiu de uma candidatura ao programa Poseur, prevê investimentos na área do resíduos sólidos urbanos, naquele concelho e alguma iniciativas como o ECOMONIZ que incluem uma peça de teatro, uma exposição interativa e um concurso de materiais reciclados, entre outras iniciativas dirigidas à população local envolvendo escolas e entidades.

A divulgação do projeto será feita através de brochuras, cartazes, spot de tv, um website (portomoniz.org) e uma página do facebook.

Quais as vantagens deste projeto para o concelho?

– Possibilidade de fazer uma armazenagem dos RSU em condições não poluentes;

– Eliminação da deposição direta em aterro a céu aberto;

– Redução das viagens à ETRS da Meia Serra e consequentemente dos custos de transporte;

– Redução da emissão de gases com efeito de estufa (redução do número de quilómetros percorridos para recolha e entrega dos resíduos no destino final de tratamento da RAM);

– Aumento significativo da capacidade de reciclagem;

– Consolidação de um novo projeto de recolha e gestão dos RSU no município.

Eixos do investimento:

  • Construção da Estação de Armazenagem Preliminar de Resíduos Sólidos do Porto Moniz

 

Localizada junto ao Armazém da Câmara Municipal, ao sítio da Santa, no Porto Moniz, a nova estação permitirá efetuar uma armazenagem e separação preliminar tanto dos resíduos provenientes da recolha seletiva, como da recolha de lixo indiferenciado, para posterior valorização.

  • Aquisição de 2 viaturas para recolha seletiva de resíduos

 

Mais eficientes, estas viaturas contribuem para a redução dos custos de manutenção e combustível, no processo de transporte de RSU.

  • Aquisição e montagem de 3 ecopontos subterrâneos, na frente Mar do Porto Moniz, dois na Vila e um no Seixal

 

A Instalação de Ecopontos subterrâneos em locais de grande afluência turística, incentiva a população local e os turistas a aderir à separação dos resíduos.