Gil Canha contesta falta de fiscalização aos estabelecimentos da noite que servem bebidas a adolescentes

Fotos: Rui Marote

O deputado independente Gil Canha ironizou hoje no plenário da Assembleia as declarações do PSD, desvalorizando a interpretação negativa de ontem do CDS quanto às situações negativas em matéria de saúde e de assuntos sociais. Referindo-se à posição inicialmente tomada pelo deputado Paulo Freitas,  do PSD, e aos números que apresentou,  nomeadamente referentes ao alcoolismo,  Canha fez uma forte crítica ao modo como “basta circular pela cidade à noite” para deparar com jovens de 14, 15 anos, a quem são servidas bebidas alcoólicas em estabelecimentos de diversão nocturna, perante a complacência das autoridades competentes pela fiscalização. Dando o exemplo dos Estados Unidos, onde, quando um adolescente é apanhado alcoolizado, tal pode reflectir-se em sérias consequências para quem lhe serviu bebidas, o independente gozou dos estudos apresentados pelo PSD, considerando que “o papel aguenta tudo”, como se costuma dizer, mesmo os números menos prováveis.

“Há muitos adolescentes que chegam ao hospital em comas alcoólicos”, denunciou,  salientando que tal é do conhecimento geral.