Secretário da Saúde em Oliveira de Azeméis

O Secretário Regional da Saúde, Pedro Ramos participa no 13.º Curso de Catástrofe – MRMI (Medical Response to Major Incidents) que decorre,  este fim semana, em Oliveira de Azeméis.

O curso é ministrado pelo grupo de instrutores em Trauma e Catástrofe do Serviço de Saúde da Madeira, único no país com acreditação internacional para este tipo de formação.

A sessão de encerramento terá lugar hoje, dia 1 de Maio de 2017,  nas instalações dos Bombeiros Voluntários de Fajões e contará com a presença de Pedro Ramos e demais entidades nacionais na área da saúde, da administração interna, INEM e Autoridade Nacional de Protecção Civil.

Neste curso participam cerca de 80 profissionais das diferentes células de intervenção com intervenção face a grande incidentes com multi-vítimas, nomeadamente bombeiros, técnicos de emergência, médicos, enfermeiros, profissionais afectos ao INEM, agentes de protecção civil, forças militares (Exército e Força Aérea) e de segurança (PSP, GNR), Polícia Judiciária, gestores, assessores de comunicação, entre outras entidades públicas nacionais.

A formação ministrada baseia-se num modelo de simulação avançada treinando toda a cadeia de comando, cenário do acidente, transportes, pré-hospitalar, gestão de hospitais face a cenários de multi-vítimas, triagem, corredores de evacuação e estrutura da comunidade que possa utilizar na resposta a um incidente multi-vítimas, ou seja, numa catástrofe. Com esta formação, pretendemos promover a diferenciação destes profissionais nesta área de gestão e comando de um cenário de catástrofe.

A iniciativa é da Corporação dos Bombeiros Voluntários de Fajões e contou com o apoio da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis e de outros parceiros locais.

O Curso MRMI é da responsabilidade do grupo de instrutores MRMI do SESARAM que nesta edição do curso participa com 16 profissionais do SESARAM e conta com o apoio do Board europeu MRMI, representado neste curso, pelo médico cirurgião de Israel, Itamar Ashkenazi.

Com esta formação, o Serviço de Saúde da RAM, contabiliza treze Cursos de Catástrofe realizados em Portugal desde o ano de 2010, o que nos aproxima dos 1000 profissionais formados nesta área no país. A constituição deste grupo de formadores internacionais na área da catástrofe teve início nesse ano em que era director do serviço de Urgência do Serviço de Saúde da RAM, Pedro Ramos, actualmente Secretário Regional da Saúde.