Severino Castro conta a guerra colonial na primeira pessoa

A guerra colonial contada na primeira pessoa, é o objectivo da mostra que o Município do Funchal e Severino Castro inauguram no próximo dia 28 de Abril às 17 horas, no Salão Nobre do Teatro Municipal Baltazar Dias. Severino Castro foi furriel miliciano de Engenharia em Angola, de Janeiro de 1971 a Março de 1973.