Trilhos e jardins do Cristo Rei precisam de manutenção

Os trilhos da ponta do Garajau precisam de manutenção.

Fotos Funchal Notícias.

A zona é muito frequentada por madeirenses, turistas e romeiros do Cristo Rei.

Muitos dos varandins em madeira estão derrubados e não oferecem a segurança necessária à beira das falésias.
Refira-se que a monumental estátua do Cristo Rei do Garajau é a imagem de marca da zona.
A obra da autoria do escultor francês Georges Serraz fica no miradouro que oferece uma vista fantásticas para leste e para oeste: a oeste a baía do Funchal, a leste o Caniço de baixo.
Toda a gente conhece a estátua por Cristo Rei do Garajau mas, na verdade, ela foi erigida em honra do Sagrado Coração de Jesus.
Toda a zona envolvente do miradouro da Ponta do Garajau, sobranceira à praia e à reserva natural, é propícia a um passeio em família.
A segurança é fundamental.
Lá do alto, a estátua de Cristo de braços abertos, voltada para o oceano, protege os peregrinos… mas não basta a providência divina… o homem tem de dar uma ajuda.
Recorde-se que a estátua foi financiada e mandada construir pelo conselheiro Aires de Ornelas, filho do último morgado do Caniço.
O monumento foi inaugurado no dia 30 de outubro 1927 e foi recentemente restaurado face à erosão.
Foi também em 1927 que foi aberta ao trânsito a estrada que liga a Cancela ao Monumento.
Todos os anos, o bispo da diocese celebra uma missa campal junto ao monumento.
O teleférico para a praia e a abertura de um bar de apoio veio compensar o encerramento, há anos, da piscina e campos de ténis do D. Pedro. Uma dor de alma!