Vem aí um curso de formação profissional para quem transporta porcos vivos

Um despacho do Secretária Regional de Agricultura e Pescas, Humberto Vasconcelos, ontem publicado, aprova o programa do curso de formação profissional específica sectorial em “Proteção de suínos em transporte de curta duração”.

O curso destina-se a transportadores de animais, condutores e ajudantes de transporte ou profissionais que pretendam vir a ser transportadores de animais, condutores e ajudantes no transporte de animais.

“O Decreto-Lei n.º 265/2007, de 24 de julho, alterado pe-lo Decreto-Lei n.º 158/2008, de 8 de agosto, assegurando a execução das obrigações decorrentes do Regulamento (CE) n.º 1/2005, do Conselho, de 22 de dezembro de 2004, relativo à proteção dos animais em transporte e operações afins, estabeleceu novas regras em matéria de bem-estar dos ani-mais durante o respetivo transporte. Assim, nos termos daquele decreto-lei, quer os transportadores, quer os trata-dores devem ter formação específica que os habilite a pres-tar-lhes os cuidados devidos durante a viagem”, justifica o despacho.

O objetivo do curso de formação é capacitar os formandos com os conhecimentos técnicos e normativos relativos ao bem-estar animal durante o transporte de animais de uma dada espécie, em viagens de curta duração (menos de 8 horas).

As entidades interessadas devem submeter o pedido de certificação ou de homologação à Secretaria Regional de Agricultura e Pescas.