Motocross proporcionou bons momentos no Porto Santo

DR de Tiago Sousa – Motor Clube da Madeira

Chegou ao fim a prova inaugural do Campeonato Regional de Motocross – Coral Sem Álcool 2017, uma iniciativa desportiva que decorreu no Porto Santo e foi organizada pela Associação de Motociclismo da Madeira e a empresa Linha Funcional.

Normalidade foi a palavra de ordem no evento que ficou marcado por apenas um despiste do piloto Ricardo Gonçalves, felizmente sem consequências de maior para este, tendo a corrida sido interrompida e retomada com a presença deste atleta, refere uma nota.
A prova ainda esteve em risco de não se realizar, dada a anormal precipitação que caiu durante a noite anterior ao evento, mas o bom tempo acabou por surgir para satisfação do público que acompanhou o evento. Dércio Gouveia foi o vencedor geral e de MX1. João Melim, piloto do Porto Santo, não deixou os créditos por mãos alheias e fez segundo lugar geral na corrida, seguido do açoreano João Ponte, vencedor das MX2, e de Vitor Freitas. O quinto posto foi para Pedro Silva, seguido de Alexandre Gouveia e Pedro Romão. Marco Martins, Davide Santos, Bruno Serrão e Ricardo Gonçalves encerraram a classificação geral dos séniores.
Já nos pilotos mais jovens, Carlos Gouveia (iniciado) foi o grande vencedor, seguido de Paulo Gama (Iniciado) e Miguel Teixeira (infantil B). Laura Vieira (infantil B), Lucas Rodrigues (inantil A) e Pedro Graterol (Iniciado) encerraram a classificação, apesar dos muitos problemas mecânicos que os atormentaram.
Por equipas, primeira posição para o CS Maritimo, seguido pelo CDR Prazeres e pelo Motor Clube da Madeira, encerrando o CF Carvalheiro esta tabela.
O vencedor Dércio Gouveia
O Motocross ruma agora à Madeira, estando a próxima prova prevista para a Fajã da Ovelha, em Abril.