Hotel Savoy Palace atinge os oito pisos… Faltam cinco

(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)

* Com RUI MAROTE

O Savoy Palace atingiu já o oitavo dos treze pisos que estão projetados construir no lado nascente. Veja o antes e o depois deste mês de fevereiro.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
A obra, que tem vindo a crescer em altura, vai agora entrar naquela fase em que começará a dar nas vistas sobretudo para quem transita na Avenida do Infante.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
Serão treze os pisos projetados no lado nascente, junto à Travessa Imperatriz D. Amélia. Oito já lá estão.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
A partir de meados de março, com os dias a crescerem em termos de luz solar, é esperada uma dinâmica mais acentuada na evolução dos trabalhos.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
Estão, neste momento, afetos à obra cerca de 270 trabalhadores, algo que não é percetível à primeira vista, dada a dimensão do projeto e os trabalhos específicos que estão a acontecer no interior da estrutura.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
Segundo apurámos, será também a obra privada a decorrer no país com maior número de gruas em utilização.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
Começaram a ser montadas as redes de segurança.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
 A entrada para a zona do Spa, através de uma escadaria, encontra-se na sua fase de conclusão, sendo de destacar uma parede de basalto, pedra marcadamente madeirense.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
Também já a tomar forma está a escadaria, na zona do lobby do hotel. Trata-se de uma estrutura que realça a identidade inovadora do projeto e tudo indica que deverá estar concluída dentro de dois meses.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
Este pormenor tem caraterísticas únicas e que prometem surpreender. Será uma escadaria suspensa. Neste momento, decorrem intervenções na área da metalurgia.
 Segundo os dados técnicos a que o FN teve acesso, verifica-se uma grande evolução no assentamento das alvenaria na zona dos apartamentos modelo.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
Um dos aspetos surpreendentes neste local de construção prende-se com a limpeza da área. As regras de segurança impõem requisitos apertados em matéria de gestão do lixo/entulho.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
 Igualmente importante nesta fase é o avanço significativo nas impermeabilizações dos canteiros e jardins, que começam a receber a terra vegetal com vista a posterior plantação de árvores.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
No horizonte deste conjunto consegue-se já distinguir a estrutura do edifício que dá acesso à Rua Imperatriz D. Amélia. Ficará ligado ao Hotel Savoy Palace através de uma esplanada junto à piscina.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
A Praça do Turista, outro dos elementos que sofrem uma requalificação total no âmbito do novo hotel em construção na Avenida do Infante, já se encontra definitivamente delineada, com a escultura lá existente ( em homenagem ao turista) deslocada para a esquina da Rua do Favilla.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
A praça ficará ajardinada e será empedrada, conforme os requisitos impostos pela autarquia funchalense.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
O espaço dá acesso, através de escadaria, à Rua Imperatriz D. Amélia.
(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)
Do lado da Rua do Favilla, nascerá a zona comercial, com a designação de Boulevard, onde ficarão localizadas maioritariamente lojas.
O Hotel Savoy Palace terá 500 quartos e deverá estar operacional em 2018, juntando-se às restantes quatro unidades geridas pela Savoy Hotels & Resorts, do Grupo AFA: Hotel Royal Savoy e Hotel Savoy Gardens, no Funchal, Hotel Savoy Saccharum e Hotel Savoy Calheta Beach, na Calheta.