Bloco Operatório vai para obras no primeiro trimestre de 2017

hospital-aaa
Bloco Operatório Central e Bloco de Obstetrícia vão para obras no início de 2017. Na mesma altura, estará devidamente equipado o Ambulatório.

As obras de fundo do Bloco Operatório central do Hospital Dr. Nélio Mendonça vão iniciar-se no primeiro trimestre de 2017, apurou o Funchal Notícias junto do Governo Regional, trabalhos que envolvem ainda o Bloco de Obstetrícia e o Ambulatório.

Admitindo que a situação necessita de intervenção e que as carências são objetivas, o Governo tem vindo a avaliar esta renovação com uma estratégia que visa preparar convenientemente as alternativas, uma vez que as obras no Bloco central implicam a necessidade de resposta para colocar em prática durante o tempo de duração dos trabalhos. De resto, uma pequena obra, no ar condicionado, já ocorreu no verão.

Ambulatório importante

È, por isso, nesse sentido que o Ambulatório desempenha um papel importante, pelo que se prevê que as salas estejam convenientemente equipadas igualmente no primeiro trimestre de 2017, sendo que os números revelam que 40 a 50 por cento das cirurgias têm resposta no Ambulatório.

O Governo considera, inclusive, que o Ambulatório determinante no combate às listas de espera e lembra que “herdou uma grande lista de espera” que tentou resolver dentro das possibilidades, através de um Plano de Recuperação, mas que terá um enquadramento maior ao nível de soluções com a implementação do Sistema de Gestão e Monitorização Permanente de Listas de Espera.

Novo Hospital

Recorde-se que tem sido grande a polémica à volta das listas de espera, desde sempre, mas agora com uma profusão maior face a situações que têm a ver com alguns aspetos mediáticos da Saúde, como sejam as obras em curso enquanto não surge “luz verde” para o novo hospital da Região, matéria que também tem vivido alguma controvérsia em função do financiamento, com divergências entre Governo Regional e Governo da República, com entendimentos diferentes quanto aos montantes a financiar.