Leia o desabafo de Hugo Magalhães após a polémica do Rali Vinho Madeira

SONY DSC
SONY DSC

O co-piloto Hugo Magalhães acaba de fazer um desabafo nas redes sociais após a polémica do recente fim-de-semana no Rali Vinho Madeira.

Eis o seu desabafo:

“É preciso ter força para ser firme, mas é preciso coragem para ser gentil.

É preciso ter força para nos defender, mas é preciso ter coragem para baixar a guarda.

É preciso ter força para ganhar uma guerra, mas é preciso coragem para se render.

É preciso ter força para se estar certo, mas é preciso coragem para se duvidar.

É preciso ter força para suportar o abuso, mas é preciso coragem para faze-lo parar.

SONY DSC
SONY DSC

São 10 anos e 130 ralis com momentos de muita alegria e tristeza.
São acima de tudo 10 anos de muita dignidade, respeito pelo próximo, trabalho, dedicação, paixão, entusiasmo.

Construo o meu caminho de forma limpa e honesta, conto com a ajuda daqueles que acreditam no meu trabalho, que vêm em mim uma mais valia para um projecto, com aqueles que tem orgulho de associar o nome das suas empresas ao meu trabalho e pessoa.

Tento ser um exemplo de dedicação para os mais jovens que fazem o mesmo trabalho sem nunca ter medo que um dia eles sejam melhores que eu.
O futuro é e depende deles!

Estou nos ralis não por vaidade, montra, aparência ou só porque é bonito.
Estou nos ralis porque isto corre-me nas veias, está no meu sangue desde tenra idade, estou porque um dia sonhei ser co-piloto.

Venha o Rali da Alemanha!”