‘Chuva de estrelas’ mais visível na Madeira de 12 para 13 de agosto

Mapa-chuva-estrelas-borealis
Mapa Borealis. A zona assinalada a vermelho é onde ocorrerá a chuva de estrelas.

Apesar de mais intensa na noite de 12 para 13 de agosto, a ‘chuva de estrelas’ acontecerá todas as noites de 17 de Julho a 24 de Agosto.

Para a noite de 12 de Agosto (sexta-feira) está marcada uma concentração de aficionados da astronomia, no Paul da Serra.

Trata-se do ‘pico’ da ‘Chuva’ de Meteoros Perseidas com uma taxa estimada em 100 meteoros por hora.

Efetivamente, este ano a ‘chuva de estrelas’ que todos os anos acontece em Agosto promete ser surpreendente.

De nome Perseídas (porque a maioria das estrelas cadentes parece vir da constelação de perseus), este fenómeno deve-se ao facto do nosso planeta estar, por esta altura do ano, a atravessar a cauda do cometa  109/Swift-Tuttle.

Na Madeira, a ‘chuva de estrelas’ será mais intensa durante a madrugada de 12 para 13 de agosto e mais fácil de observar numa zona abrigada da luz.

As previsões apontam para a possibilidade de ocorreram cerca de 100 meteoros por hora por altura do amanhecer sendo que, em Portugal, a hora de ‘pico’ de meteoros ocorre pouco depois do nascer do Sol.

O fenómeno ocorrerá no lado norte do céu, por isso os astrónomos aconselham os leigos a procurar, no céu, a Cassiopeia com a sua forma em “W”.

A Cassiopeia servirá de referência até que Perseus apareça, que será por volta das 23h00.

A constelação de Perseus será fácil de identificar, uma vez que se encontra imediatamente por baixo da constelação da Cassiopeia (veja a localização no mapa).

5 dicas para ver a ‘chuva de estrelas’
1.Imprima este mapa Borealis onde está marcado o radiante dos meteoros (a vermelho), familiarize-se com as constelações da Cassiopeia e Perseus.
2.Vá para a natureza, procure uma zona abrigada de fontes luminosas, quanto mais escuro melhor
3.Escolha um local com o horizonte desimpedido para norte (guie-se pela Estrela Polar)
4.Leve agasalho, um pequeno colchão, bebidas quentes e alguns reforços energéticos
5.Deite-se confortavelmente a olhar para cima e sempre com Cassiopeia e Perseus no seu campo de visão.