Brigadeiro Oudinot é tema de congresso em Lisboa de 7 a 10 de Setembro

ribeiras3“Reinaldo Oudinot e o seu tempo” é o tema do congresso internacional que decorre entre os dias 7 a 10 de Setembro de 2016.

Completando-se, em Setembro de 2016, 250 anos da chegada a Portugal de Reinaldo Oudinot, a Sociedade de Geografia de Lisboa promove, em co-organização com várias instituições de vocação cultural e académica, um Congresso evocativo da figura, da obra e do tempo daquele que foi um dos mais ilustres e brilhantes engenheiros da história do exército português.

O Congresso propõe-se abordar, a propósito da figura e obra do Brigadeiro Engenheiro Reinaldo Oudinot, o longo período de mais de 40 anos da sua acção em Portugal, que se estende da época pombalina ao ano de 1807, em que morre no Funchal, e em que, com a primeira das invasões francesas e a partida da Família Real para o Brasil, se encerra uma época do mundo luso.

Ironicamente, numa altura em que as muralhas das ribeiras do Funchal projetadas pelo brigadeiro Oudinot estão a ser betonadas, o geógrafo Raimundo Quintal sugere ao Governo Regional que apresente cuma comunicação cinetífica ao congresso.

“O Congresso ocorre no ano em que avalanches de betão provocadas por chuvas torrenciais de milhões de euros estão a destruir as muralhas das ribeiras do Funchal, que resistiram a mais de dois séculos de aluviões. Os engenheiros e os políticos responsáveis pela destruição das muralhas sabiamente projetadas por Reinaldo Oudinot, têm uma extraordinária oportunidade de apresentar uma comunicação científica no congresso do próximo mês de Setembro”, sugere.