“Capelas ao Luar” colocam cultura ao serviço da população

Foto: madeira.gov
Foto: madeira.gov

*Projeto que arranca na próxima segunda-feira, dia 18, data em que se assinala o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios; é uma iniciativa da Secretaria Regional da Economia Turismo e Cultura/Direção Regional da Cultura em parceria com a Secretaria Regional de Educação, através do Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira.

Foi apresentado esta manhã o projeto “Capelas ao Luar”, um projeto da responsabilidade da Direção Regional da Cultura, através da Direção de Serviços de Museus e Património Cultural, desenvolvido em parceria com o Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira, que consiste na criação de um programa gratuito de visitas guiadas a um conjunto de capelas da Ilha da Madeira, tendo por base a ideia da acessibilidade ao nosso património, muitas vezes indisponível ao público em geral, e possuidoras de referentes artísticos da mais alta importância na conjuntura patrimonial regional.

A iniciativa foi apresentada esta manhã pelos Secretários Regionais da Economia, Turismo e Cultura e da Educação, Eduardo Jesus e Jorge Carvalho, na Capela da Nazaré, onde terá lugar a primeira atividade do projeto, no próximo dia 18 de abril (data em que se assinala o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios).

Na ocasião, Eduardo Jesus fez questão de salientar que o projeto das “Capelas ao Luar” tem como objetivo “procurar uma proximidade da cultura às pessoas e uma descoberta porque muitos dos residentes na Madeira não conhecem este património que nós temos espalhados no Funchal e Costa Sul da ilha”.

Agradecendo a colaboração da Secretaria da Educação, através do Conservatório, entidade que vai garantir a realização de apontamentos musicais nestas visitas guiadas, e ainda a colaboração da Secretaria do Ambiente que realizou trabalhos de limpeza na Capela da Nazaré, Eduardo Jesus disse ainda que este projeto é mais uma materialização do objetivo que norteia o trabalho deste Governo: “A cultura deve estar ao serviço da população. Somos todos agentes desta culturalidade que nos une.”

O Secretário da Economia, Turismo e Cultura recordou ainda que foram investidos cerca de 30 mil euros em obras de beneficiação e restauro em algumas das capelas abrangidas por este projeto.

Já Jorge Carvalho, agradeceu a oportunidade de ter o Conservatório a participar neste projeto e ter, dessa forma, os jovens músicos a ajudarem na divulgação do património edificado da Madeira.  “Através da música conseguimos criar experiências e emoções que procurarão criar condições de recetividade para que as pessoas possam tomar um conhecimento mais profundo das mais-valias do património edificado, e neste caso concreto, das capelas”, disse o governante.

Sublinhando a disponibilidade da Secretaria de Educação em participar em outras iniciativas da área cultural, Jorge Carvalho referiu ainda o papel da Educação sobretudo junto das novas gerações. “Acreditamos que conseguiremos despertar para a valorização do património e consequentemente protege-lo”, disse.

Os governantes desafiaram ainda os madeirenses a participar nesta iniciativa que é de âmbito gratuito, carecendo apenas de inscrição prévia através do endereço

Recorde-se que o programa das “Capelas ao Luar” inclui um total de sete visitas guiadas a sete diferentes capelas do Funchal, Machico e Calheta, entre os dias 18 de Abril e 20 de Maio. Antes do início de cada visita guiada haverá um momento musical de música barroca e renascentista, uma programação da responsabilidade do Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira, excetuando na Capela da Quinta das Cruzes e na Capela dos Reis Magos na Calheta, em que o apontamento musical será assegurado pelo Prof. Vítor Sardinha, músico em residência artística no Museu Quinta das Cruzes.

 PROGRAMA

18 de Abril– (Segunda Feira) Capela da Nazaré (Funchal). 21h Apontamento de Música Barroca com o CONSERVATÓRIO – Escola das Artes. 21h.30h Visita guiada por Rita Rodrigues e Francisco António Clode Sousa. Dia Internacional dos Monumentos e Sítios. Lançamento de guia patrimonial.

22 de Abril– (Sexta Feira) Capela dos Reis Magos (Calheta). 21h Apontamento de Música Renascentista com o músico Vítor Sardinha. 21h30h Visita guiada por Francisco António Clode Sousa.

29 de Abril– (Sexta Feira) Capela das Neves (Funchal). 21h Apontamento de Música Barroca com o CONSERVATÓRIO – Escola das Artes. 21h 30h Visita guiada por Rita Rodrigues. Lançamento de guia patrimonial.

6 de Maio– (Sexta-feira) Capela de São Roque (Machico). 21h Apontamento de Música Renascentista com o CONSERVATÓRIO – Escola das Artes. 21h.30h. Visita guiada por Cora Teixeira e Francisco António Clode Sousa.

13 de Maio (Sexta-feira) Capela do Corpo Santo (Funchal). 21h Apontamento de Música Barroca com o CONSERVATÓRIO – Escola das Artes. 21h30h. Visita guiada por Rita Rodrigues e Francisco António Clode Sousa.

18 de Maio (Quarta-feira) Capela de Nossa Senhora da Piedade (Funchal) / Museu Quinta das Cruzes. Dia Internacional dos Museus. 21h Apontamento de Música Barroca, com o músico Vítor Sardinha. 21h30h. Visita guiada por Teresa Azeredo Pais e Rita Rodrigues. Lançamento de guia patrimonial.

20 de Maio (Sexta-feira) Capela de Nossa Senhora das Angústias (Funchal). 21h Apontamento de Música Barroca com o CONSERVATÓRIO – Escola das Artes. 21h30h. Visita guiada por Cora Teixeira e Rita Rodrigues.