Ambulância “moribunda” no parque dos Marmeleiros

ambulância marmeleiros hospital* Com RUI MAROTE

O Hospital dos Marmeleiros  tem estado sob fortes críticas de utentes e até dos partidos da oposição devido ao estado de degradação e às condições de salubridade das suas instalações.

A existência de uma ambulância a apodrecer no parque de estacionamento, mesmo à entrada principal, não vem ajudar a imagem confrangedora que muitos repudiam.

ambulância marmeleiros hospital

Pelo estado que apresenta só poderia estar numa sucata e não no parque de estacionamento de um hospital, que é visitado diariamente por largas centenas de pessoas.

As condições do veículo denunciam que já ali está há muito, aos desmandos do tempo. Vidros partido, chapa enferrujada, peças em falta acusam o estado de abandono. A vegetação começa também a tomar conta do interior da viatura, o que agrava o perigo de infestação por ratos e insetos.

Quem conhece o caso não percebe a razão da permanência do veículo na área interdita do parque. Neste caso, receiam que a inoperância possa acarretar riscos para a saúde pública, afetando ainda mais a imagem de um dos hospitais mais antigos do país e de grande importância na vida das populações da Madeira.

Não são de agora os reparos quanto à falta de investimento para recuperar um edifício quase centenário e adaptá-lo às novas exigências de um serviço hospitalar moderno e às problemáticas de uma população cada vez mais envelhecida.

amb3

Ainda esta semana, o deputado do CDS/PP, Mário Pereira, esteve no local a denunciar a gravidade dos problemas que afetam aquela unidade hospitalar situada na freguesia do Monte, Funchal, alegando inclusive a existência de ratos, situação que foi prontamente desmentida pelas autoridades de Saúde através do elencar de normas e protocolos de higiene assegurados pela administração.