Jornadas do PSD concluem que “há muito a fazer” no concelho de Machico

psd1
Fotos PSD

O Grupo Parlamentar do PSD-Madeira realizou nos últimos dois dias as suas IV Jornadas Locais. Desta feita no concelho de Machico.

Estas jornadas tiveram a sua ênfase no Turismo, pelo facto dos deputados do PSD entenderem que é um dos focos potenciadores de desenvolvimento do concelho de Machico e onde, segundo a porta-voz dos social-democratas, Cláudia Gomes “há muito a fazer”.

psd2Eis as conclusões das Jornadas nas palavras de Cláudia Gomes:

“O Turismo foi assim abordado na vertente da agricultura, da indústria, do desporto, da natureza, seja no mar e na serra, do património edificado e da cultura.

Pretendeu-se mais uma vez ouvir a sociedade, neste caso, alguns agentes que operam no nosso concelho, permitindo-nos conhecer a realidade numa outra ótica, mas sempre com um único objetivo:

Colocar novamente Machico no mapa do Turismo Regional.

psd3Não podemos esquecer que em tempos áureos, Machico já foi a primeira cidade turística da Madeira e por isso é necessário definir novas estratégias que vão de encontro ao tipo de turista que nos procura atualmente, tendo sempre em conta aquilo que o nosso concelho pode oferecer.

Machico continua a ter um potencial enorme que não está totalmente valorizado.

Aliás, temos o dever de envolver todas as entidades públicas e privadas nesta vontade comum que é ver Machico crescer do ponto de vista económico, o que convínhamos, passa inevitavelmente pelo Turismo.

psd4Contudo, consideramos que falta uma estratégia municipal para o desenvolvimento deste setor, nomeadamente quanto à limpeza de veredas e levadas, a toponímia, a sinalética no início e no fim das levadas, dar uma cara menos cinzenta à nossa cidade, prover os espaços públicos para utilização dos cidadão e dos turistas e florir as estradas municipais.

Já existem alguns eventos em Machico que têm atraído turistas ao nosso concelho, nomeadamente, a semana gastronómica, o Mercado Quinhentista e o MIUT.

Mas, hoje em dia, estes eventos ainda não chegam!

É necessário mais!

É preciso optimizar os recursos existentes e que são únicos. Potenciar e preservar aquilo que temos de melhor, as nossas paisagens, veredas e levadas e encontrar novos nichos de mercado. Exemplo disso são as praias do Porto da Cruz, que constituem hoje em dia um grande atrativo para a prática das atividades ligadas ao Mar, como stand up paddel, bodyboard, surf;

Relevar também o nosso património geológico, que continua esquecido.

psd5Já existe alguma oferta ao nível de empresas ligadas à animação turística, mas o principal foco apontado vai para a falta de hotéis, de modo a potenciar o crescimento económico.

De referir que foi feita uma visita ao engenho do Porto da Cruz, onde podemos verificar in loco, como uma indústria, se tornou num polo de atração turística que recebe na época alta cerca de 800 a 1000 visitantes dia.

O grupo parlamentar do PSD chega assim ao fim de mais umas jornadas locais, considerando que as mesmas foram muito produtivas e agradecendo publicamente a todos os nossos convidados a disponibilidade manifestada e o trabalho meritório apresentado, que vieram mais uma vez engrandecer os nossos trabalhos.

Em suma, relembramos as grandes potencialidades existentes neste concelho, não só ao nível da natureza, mas também de todo o património cultural e edificado. Potencialidades estas que urgem ser trabalhadas pelas entidades municipais”.