Jovens vão à Assembleia Regional debater discriminação, preconceito e racismo

ASSEMBLEIA REGIONAL3“Discriminação, preconceito e racismo” são os temas que levarão alunos dos 2º e 3º Ciclos do ensino básico esta segunda-feira à Assembleia Legislativa Regional, para aquela que é mais uma sessão regional do ‘Parlamento dos Jovens’.

A sessão de abertura está marcada para as 09h30 e contará com a presença de Tranquada Gomes e Jorge Carvalho, Presidente da ALR e secretário Regional da Educação, respetivamente.

A iniciativa será dinamizada por cerca de 60 alunos de quinze escolas da Região. Cada um destes estabelecimentos de ensino estará representado na sessão parlamentar com três alunos e um suplente que viverão a experiência de serem “deputados” por um dia.

Do programa da manhã consta um período de perguntas à deputada Sofia Canha, do PS. A jornada termina às 16h30, após a eleição dos ‘deputados’ que irão participar na sessão nacional  e do porta-voz pelo círculo eleitoral da Madeira.

O projeto que vier a ser aprovado nesta Sessão Regional será posteriormente apresentado e debatido na Sessão Nacional do ‘Parlamento dos Jovens’, a realizar-se nos dias 2 e 3 de maio, no Palácio de S. Bento, em Lisboa, na qual os deputados eleitos pelos vários círculos eleitorais do País aprovarão o Projeto de Recomendação a apresentar à Assembleia da República.

O ‘Parlamento dos Jovens’ é uma iniciativa institucional da Assembleia da República, realizada com a colaboração do Ministério da Educação e Ciência e das Secretarias Regionais que tutelam a Educação e a Juventude nos Açores e na Madeira, e visa incentivar os jovens para uma participação cívica e política mais ativa, que possa contribuir para a resolução de problemas que afetam a sua vida e a da comunidade onde estão inseridos, vivenciando, desta forma, os princípios democráticos de uma cidadania ativa.