Curiosidades históricas: do poderio de Constantinopla ao domínio turco

constant 1 (* Com Bárbara Balelo, Tomás Velosa e Tomás Ornelas) / Em Abril do ano de 1453, Constantinopla, atual Istambul e antiga capital do Império Bizantino, foi oficialmente bloqueada pelos turcos. Estes pretendiam aumentar o seu território, assim como beneficiar da posição estratégica da cidade que estava localizada entre as principais rotas comerciais entre a Europa e Ásia. Foi um acontecimento tão marcante, que simboliza a viragem da idade média para a idade moderna, culminando com a queda do Império Bizantino, que perdera assim a sua tão importante capital e cidade-chave geograficamente, Constantinopla.

Esta cidade foi criada a 11 de Maio no ano 330 d.C. pelo Imperador Romano Constantino I. Situava-se no estreito do Bósforo, sendo parte Europa e parte Ásia, e foi, após Roma, a nova capital do mundo romano depois da queda do império do ocidente à custa das invasões bárbaras.

Durante vários anos, esta cidade no oriente tinha-se como o novo centro do Império Romano e da fé cristã, desenvolvendo-se no mesmo local onde antigamente existiu a colónia grega de Bizâncio.

const3Constantinopla, que dominava o estreito do Bósforo, tinha como vantagem a sua localização geográfica, servindo de passagem entre o Mar Egeu e o Mar Negro. Favorece-se assim, a construção de muralhas e outros edifícios de segurança, fortalecendo o carácter defensivo da cidade, tornando-a assim num ponto estratégico militar atrativo.

Ao longo dos séculos, a cidade foi dominada por diferentes impérios:

  • De 330-395 pelo Império Romano.
  • De 395-1204 pelo Império Bizantino.
  • De 1204-1261 pelo Império Latino (Com a Quarta Cruzada)
  • De 1261-1453 de volta pelo Império Bizantino.
  • De 1453-1918 pertenceu ao Império Otomano.
  • Finalmente desde 1922 até os tempos de hoje pertence à Turquia tendo o nome de Istambul.

A tomada da cidade

Constantinopla havia se mantido firme a 16 prévias tentativas de cerco. Em 1453 estava em perigo com a chegada do povo turco-otomano que, desde o seu surgimento na Ásia Menor em 1300, havia conquistado a maior parte dos territórios bizantinos da península, formado exércitos e liderado o desenvolvimento da artilharia.

O imperador Constantino IX estava encarregue da defesa da cidade. Contava com apenas dez mil guerreiros voluntários para resistir à investida de cinquenta mil turcos. A artilharia otomana, dotada de canhões e armas de fogo, prontamente começou a fustigar os muros de Constantinopla e nos finais de Maio os turcos estavam prontos a invadir a cidade. Uma vez do lado de dentro dos muros, os turcos encontraram pouca resistência. O imperador Constantino foi assassinado e o seu exército morto ou entregue à escravatura. Os turcos saquearam a cidade durante três dias e mataram milhares de habitantes. Estava assim Constantinopla entregue ao novo Império Turco-Otomano.

constan 2