Atividades Económicas entregam alimentos de armazém ilegal a instituições de solidariedade social

dia da cidade Freguesia de S Pedro - 03A Inspeção Regional das Atividades Económicas anunciou esta tarde que apreendeu uma tonelada de alimentos de um armazém que funcionava ilegalmente numa habitação. A situação configura grave perigo para a saúde pública, dizem as autoridades. Mesmo assim, os produtos foram distribuídos por instituições de solidariedade social e SPAD.

Uma ação fiscalizadora desencadeada pela equipa da Inspeção Regional das Atividades Económicas (IRAE) às instalações de um armazém, que funcionava como local de armazenamento e embalagem de géneros alimentícios e produtos alimentares para animais, culminou na apreensão de cerca de uma tonelada de bens e no encerramento do mesmo.

O armazém funcionava na garagem de uma habitação, sem quaisquer condições de higiene e segurança. Atendendo às quantidades de alimentos que se encontravam no local, diz o comunicado enviado pelo gabinete de comunicação da Secretaria Regional da Economia Turismo e Cultura, constituía um grave perigo para a saúde pública.

Ao deparar-se com esta situação, a Inspeção Regional contactou a Direção Regional de Agricultura e a Autoridade de Saúde, tendo esta última entidade determinado, através de mandado, o encerramento do estabelecimento, precisamente por este não reunir as condições necessárias ao seu funcionamento. Já os técnicos da DRA ficaram responsáveis pela elaboração do relatório técnico.

Embora o comunicado da SRETC seja omisso quanto à segurança e qualidade dos produtos apreendidos, presume-se que os mesmos reúnam as condições exigidas, já que foram distribuídos por Instituições Particulares de Solidariedade Social (no caso dos géneros alimentícios destinados ao consumo humano) e pela Sociedade Protetora dos Animais Domésticos (no respeitante aos géneros destinados ao consumo animal).

Acresce dizer que o agente económico foi ainda notificado para retirar, do mercado, toda a mercadoria entretanto distribuída nestas condições.