Luzes da Festa chegam à cidade

 

(Foto Rui Marote)
(Foto Rui Marote)

Estão já no terreno os trabalhos de montagem das iluminações de Natal, na baixa da cidade, para que no dia 8 de dezembro, o mais tardar, se acendam as primeiras luzes.

A objetiva do FN encontrou uma das equipas da LuxStar, a empresa a quem foram adjudicadas as luzes decorativas no Funchal, a operar na Rua 5 de outubro. Enquanto um técnico procedia isoladamente à instalação dos equipamentos no topo da árvore, outra brigada realizava trabalhos no solo, abrindo orifícios para instalação de postes.

Ao todo serão cerca de 60 os funcionários destacados nesta empreitada, que começa lentamente a repetir-se em outros pontos da cidade, como a entrada do cais, junto à Sé e zona do Fórum Madeira.

A poucas semanas de mais uma quadra natalícia, os trabalhos iniciam-se assim numa toada lenta, fazendo muitos questionarem se a cidade estará preparada para receber dezembro de forma luminosa e colorida, tal como tem sido tradição.

Depois do novo modelo de decorações implementado em 2014, que originou muitas críticas, as iluminações de Natal voltaram este ano a brilhar em polémica. Um concurso público tumultuoso, uma adjudicação por ajuste direto, revogação de contrato e uma empresa a contestar a decisão do Governo Regional pela escolha de outro concorrente não têm ajudado a dissipar as dúvidas em torno da operação 2015.

Animada pelo visto do Tribunal de Contas ao contrato com a LuxStar, a Secretaria Regional da Economia,Turismo e Cultura, por seu turno, já fez saber que as iluminações vão voltar a ser o que eram, distanciando-se do figurino do ano anterior, tanto em matéria de conceito e de dimensão, quanto em termos de localização e intensidade de cor e luz.

Esperam-se mais colorido, elementos simbólicos do Natal e representativos da festa madeirense, indo ao encontro do que é a vontade da população e em conformidade com o cartaz turístico já consolidado.

Resta aguardar pela primeira semana de dezembro, a ver se as luzes a instalar nas principais ruas da cidade, em edifícios, árvores e ribeiras, vão mesmo surpreender e apagar da memória a deceção sentida por muitos no ano transato.

Recorde-se que a montagem e desmontagem das iluminações de Natal e Fim de Ano 2015 e Carnaval 2016 foram adjudicadas à empresa LuxStar, com sede na Madeira, por dois milhões de euros.