Raimundo Quintal: escarpa na Conde Carvalhal está perigosa

escarpa estrada conde carvalhal

A chuva intensa das últimas semanas tem provocado derrocadas de pedras, deslizamentos de terras e destruição de estruturas de armazenamento de água, resultando em prejuízos materiais e até pessoais, como o acidente fatal da última quarta-feira, em Campanário, onde uma senhora de 70 anos perdeu a vida ao ser arrastada por uma enxurrada.

Neste cenário de intempérie e erosão de solos, Raimundo Quintal alerta desta vez para os riscos iminentes da escarpa sobranceira à Estrada Conde Carvalhal, no troço entre a igreja de São Gonçalo e o Chão da Loba, considerando que “está muito perigosa”.

“Têm caído pedras sobre a estrada e a qualquer momento poderão acontecer novos desmoronamentos”, avisa o geólogo nas redes sociais.

Dirigindo-se diretamente à autarquia do Funchal, a quem alerta para o risco a que estão expostas as muitas pessoas que por ali passam em viaturas particulares ou nos autocarros, Raimundo Quintal sustenta as preocupações através da apresentação de um vídeo da sua autoria.

“Chega de responder aos munícipes que o caso está a ser monitorizado”, afirma. “É tempo de agir. E urgentemente, para evitar danos materiais e mortes!”